Notícias Congregação

Do Noviciado Latino-Americano

quarta-feira, 09 março 2022

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Queremos agradecer a Deus, como comunidade do noviciado latino-americano, por todo o tempo que partilhámos com a nossa irmã Angélica Varas Rodríguez, por tudo o que vivemos no México. Cada um destes momentos foi significativo, com muitas mudanças, uma nova comunidade cada vez que um noviço chegava ou partia, muita vida, muita história, muitas experiências, muitas experiências de Deus, cada parte deste caminho teve o seu significado, desde o início até estes dias de despedida e ação de graças, mas sabendo sempre que foste seguro pela mão do Pai, que colocou no teu coração o desejo renovado de o encontrar em qualquer realidade, através da história, através de novos rostos e nomes, que hoje trazes inscritos no teu coração, tatuados no teu íntimo, por tanto amor recebido do Senhor através dos irmãos, experimentando que tudo pode ser consolação.

Hoje damos graças pelas vossas PÉS, moldadas por tantos testemunhos e pelo amor de Deus Consolador. Todos eles ficaram gravados nesta terra que vos abraçou e que soubestes acolher na vossa vida como um dom, como estas PÉS que hoje deixais.

Hoje, a tua comunidade despede-se de ti, abraça-te e junta-se a ti nesta nova encarnação, porque "a nossa identidade de seres humanos vai de nascimento em nascimento, para que possamos deixar nascer o filho de Deus que somos. A encarnação para nós é deixar que a realidade filial de Jesus se encarne na nossa humanidade, o mistério da encarnação está naquilo que vamos viver, é assim que se enraíza o que vivemos aqui e o que ainda temos de viver" (filme dos deuses e dos homens).

Hoje, a vossa comunidade despede-se de vós, abraça-vos e junta-se a vós nesta nova encarnação, pois "a nossa identidade de seres humanos vai de nascimento em nascimento, por isso vamos deixar nascer o filho de Deus que somos. A encarnação para nós é deixar que a realidade filial de Jesus se encarne na nossa humanidade, o mistério da encarnação está naquilo que vamos viver, é assim que se enraíza o que vivemos aqui e o que ainda vamos viver" (filme dos deuses e dos homens).

"Tudo para a glória de Deus, o bem dos nossos irmãos, nada para nós próprios".

NOTICIAS RELACIONADAS